Cinco atividades que usaram drones no Rio de Janeiro

Segurança

O drone da PF utilizado para monitorar o traficante Menor P. Foto: Divulgação / Polícia Federal
Foto: Divulgação / Polícia Federal
Drones foram usados pela Força Aérea Brasileira na Rio+20, na Copa das Confederações, na Copa do Mundo e poderão ser usados nas Olimpíadas. No ano passado, a Polícia Federal usou o equipamento para prender o traficante conhecido como Menor P, chefe da venda de drogas em 11 favelas do Complexo da Maré

Obras

Drone faz o registro das obras na nova ciclovia na Avenida Niemeyer Foto: Gabriel de Paiva / Gabriel de Paiva / Agência O Globo
Foto: Gabriel de Paiva / Gabriel de Paiva / Agência O Globo
As construtoras também estão usando drones para fazer o acompanhamento de obras. Em alguns casos, enviam as imagens das tomadas aéreas para os compradores. A Secretaria Municipal de Obras (SMO) também já usou o equipamento em obras no Joá, na Transolímpica e na ciclovia na Avenida Niemeyer

Meio ambiente

Drone sobrevoa no distrito de Salinas, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio Foto: Divulgação Rio Rural / SEAPEC
Foto: Divulgação Rio Rural / SEAPEC
Por meio de uma parceria entre a Secretaria estadual de Agricultura e universidades da Alemanha, um drone realiza o monitoramento ambiental em áreas rurais da Região Serrana e do Noroeste do estado. O equipamente permite fazer o mapeamento de ecossistemas no entorno das matas ciliares de microbacias hidrográficas

Trabalho escravo

Equipamentos atuam no combate ao trabalho escravo Foto: Divulgação / MTE
Foto: Divulgação / MTE
Os drones também estão sendo usados por auditores-fiscais do trabalho durante inspeções em locais de difícil acesso. O objetivo é checar irregularidades no campo, como fazendas com a porteira fechada. Os voos têm duração aproximada de 20 minutos, com alcance de dois quilômetros e a cerca de 70 metros de altura

Fonte: oglobo.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: